Top 10 – 2015

12467751_1721700878063704_1638374095_n

Eu consegui assistir 238 filmes em 2015. Lembrando que essa é uma lista pessoal que engloba apenas os que vejo pela primeira vez. Há vários filmes que todo ano assisto como “Magnólia” e “Felicidade Não se Compra”, por exemplo, esses não entram na lista.

238 é um bom número se comparado com o ano de 2014, onde consegui apenas 183. Inclusive, deixarei aqui o link para vocês conferirem o meu top 10 de 2014.

Top 10 – 2015

14 Estações de Maria ( Dietrich Brüggemann )
O Regresso ( Alejandro González Iñárritu )
A Gangue ( Myroslav Slaboshpytskiy )
Bone Tomahawk ( S. Craig Zahler )
The Assassin ( Hou Hsiao-Hsien ) 
Taxi Teerã ( Jafar Panahi )
Tangerina ( Sean Baker )
Love ( Gaspar Noé )
Garota Sombria Caminha Pela Noite ( Ana Lily Amirpour )
O Quarto do Jack ( Lenny Abrahamson )

Como prometido, colocarei aqui a lista de todos que eu assisti no ano:

* Em negrito: ano 2015

1 de janeiro – Terror no Pântano, 2006
1 de janeiro – Juventude, 1951
1 de janeiro – A Era do rádio,  1987
2 de janeiro – Um Balde de Sangue, 1959
2 de janeiro – Neblinas e Sombras, 1992
4 de janeiro – interiores, 1978
8 de janeiro – A Mulher do meu Irmão, 2005
8 de janeiro – O Protetor, 2014
8 de janeiro – Um Evento Feliz, 2013
8 de janeiro – o solar das almas perdidas, 1944
10 de janeiro – 36, 2012
10 de janeiro – Palavras e Imagens, 2013
10 de janeiro – toy story, esquecido pelo tempo
11 de janeiro – onde fica a casa do meu amigo?, 1987
12 de janeiro – Lobo atrás da porta, 2013
12 de janeiro – Edmond é um asno, 2012
13 de janeiro – O Dorminhoco, 1973
13 de janeiro – Um Misterioso Assassinato em Manhattan, 1993
14 de janeiro – A que distância, 2006
14 de janeiro – Operação big hero, 2014
14 de janeiro – Sin City 2, 2014
14 de janeiro – como treinar o seu dragão 2, 2014
15 de janeiro – escola do rock, 2003
15 de janeiro – bananas, 1971
16 de janeiro – casa vazia, 2004
16 de janeiro – a ponte, 2006
17 de janeiro – whiplash, 2015
18 de janeiro – birdman, 2015
18 de janeiro – tangerines, 2015
19 de janeiro – Paixão Juvenil, 1956
19 de janeiro – Moacir arte bruta, 2006
20 de janeiro – um longo fim de semana,  1978
21 de janeiro – O Menino e o Mundo, 2014
21 de janeiro – Oshin, 2013
24 de janeiro – Anna dos 6 aos 18, 1994
25 de janeiro – Siren x, 2008
25 de janeiro – Será que, 2014
26 de janeiro – Novo Mundo, 2013
27 de janeiro – Conto da Princesa kaguya, 2015
27 de janeiro – Livre, 2015
28 de janeiro – A Fotografia Oculta de Vivian Meier, 2013

Janeiro – 39 filmes/2 curtas

04 de fevereiro – Respire, 2014
04 de fevereiro – Coração, 1973
06 de fevereiro – Noite Vazia, 1964
07 de fevereiro – Uma passagem para Mário, 2014
09 de fevereiro – Tempo de Cavalos Bêbados, 2000
14 de fevereiro – Dieta do Palhaço,  2004
15 de fevereiro – Xxy, 2007
19 de fevereiro – Confiança, 1990
O Último Pistoleiro,  1976

Fevereiro – 9 filmes

O Homem do Oeste, 1958
Mentiras, 1999
Bé Omid É Didar, 2011
Asura, 2012
Pinguins de Madagascar, 2014
A Lenda de Nahuala, 2007
Vício Inerente,  2015
A Gangue, 2015

Março – 8 Filmes

When Marnie Was There, 2014
Na Flor da Idade, 2013
Velozes e Furiosos 7, 2015
14 Estações de Maria, 2015
The Atticus Institute, 2015
Barbie, 2011
O que é o Cinema?, 2013
O Universo no Olhar, 2014
A Última felicidade, 1951
Montanha de Abandono, 2008
Verão Feliz, 1999
Carteiros nas Montanhas, 1999
Além do que se Vê, 2004
O Quarto do Filho, 2001
Cássia, 2015

( Abril – 15 filmes )

Escalofrio, 1978
Mártires, 2008
Amante a Domicílio, 2013
Paixão Inocente, 2013
Os Olhos sem Rostos, 1960
Loucamente Apaixonados, 2011
Festa no Céu, 2014
O Espelho, 2014
Smashed – De Volta a Realidade, 2012
Maggie, 2015
Palo Alto, 2013
Ela vai, 2013
Cavalos e Homens, 2013
Meus Caros Estudos, 2010
A Canção do Oceano, 2014
Super Velozes, Mega Furiosos, 2015
Kurt Cobain, 2015
27 Maio – Bob Esponja, 2015

( Maio – 18 filmes )

04 Junho – The Babadook, 2014
04 de junho – Batman: Ataque ao Arkham, 2014
04 de junho – Qivitoq, 1956
05 de junho – Sempre Estarei Contigo, 2012
06 de junho – Corpo Celeste, 2012
06 de junho – The Sisterhood of Night, 2014
12 de junho – Jurassic World, 2015
16 de junho – Divertida Mente, 2015
20 de junho – Jogos Famintos, 2013
26 de junho – sobrenatural, 2015
26 de junho – Chico e Rita, 2010
27 de junho – Vingadores 2, 2015
27 de junho – Alta Fidelidade, 2000
27 de junho – Ajuste de Contas, 2013
27 de junho – Feuchtgebiete, 2013
27 de junho – Guardiões da Galáxia, 2014
27 de junho – Hot Girls Wanted, 2015
27 de junho – Killer Pussy, 2004
27 de junho – O Sal da Terra, 2014
27 de junho – As Amizades Particulares, 1964

( Junho – 20 filmes )

2 de julho – Enquanto Somos Jovens, 2015
2 de Julho- La Meute, 2010
4 de julho – Os garotos Perdidos, 1988
4 de julho – Vencer ou Morrer, 1993
4 de julho – Bonequinha de Luxo, 1961
4 de julho – Starlet, 2012
5 de julho – O Peso da Culpa, 2012
5 de julho – Mar Adentro, 2004
5 de julho – Mercenários 3, 2014
5 de julho – O Franco-Atirador, 2015
6 de julho – Augustine, 2012
6 de julho – Garoto-Estilingue, 1960
7 de julho – Bandidas, 2006
7 de julho – O Pequeno Nicolau, 2009
8 de julho – Batman vs Robin, 2015
10 de julho – Violência Urbana, 1999
10 de julho – Identidade Especial, 2013
11 de julho – Anjo de Vidro, 2004
11 de julho – Philomena, 2013
11 de julho – Viajo poque preciso, Volto porque te amo, 2010
11 de julho – Margot e o Casamento, 2007
11 de julho – Temporada de Caça, 2013
11 de julho – A Música Nunca Parou, 2011
12 de julho – A Entidade, 2012
12 de julho – Os Últimos Passos de um Homem, 1995
18 de julho – O Último Desafio, 2013
18 de julho – Ligados Pelo Amor, 2012
19 de julho – Simplesmente Acontece, 2014
19 de julho – A Dança de Subaru, 2009
19 de julho – Kung Fury, 2015
19 de julho – Eles, 2006
21 de julho – Os Assassinos da Rua Morgue, 1932
22 de julho – Agente 86, 2008
22 de julho – Corações de Ferro, 2015
23 de julho – A Incrível História de Adaline, 2015
23 de julho – O Aprendiz, 1998
23 de julho – Thelma & Louise 1991
24 de julho – Operação Invasão, 2011
24 de julho – A Noite dos Mortos-Vivos, 1968
24 de julho – O Amuleto, 201
24 de julho – Slow West, 2015
24 de julho – Vidas sem Destino, 1997
25 de julho – Super, 2010
25 de julho – Liv & Ingmar – uma história de amor, 2012
25 de julho – Cria Corvos, 1976
25 de julho – Sharknado 3, 2015
26 de julho – Pink Flamingos, 1972
26 de julho – A Lula e a Baleia, 2005
26 de julho – O Escorpião de Jade, 2001
27 de julho – O Mundo Perdido, 1960
27 de julho – NH10, 2015
27 de julho – A Professora do Jardim de Infância, 2014
27 de julho – Passageiros da Vida, 2014
28 de julho – Pânico, 1997
28 de julho – Garotas, 2015
28 de julho – Cybernatural, 2015
29 de julho – What Happened, Miss Simone? 2015
29 de julho – Eu e Você, 2012
30 de julho – Diabo a Quatro, 1933
30 de julho – Extensões Capilares, 2007

( julho –  60 filmes )

2 de agosto – Entrevista com Vampiro, 1994
8 de agosto – Goodnight Mommy – 2015
8 de agosto – Corrente do Mal, 2015
15 de agosto – The Nightmare, 2015
15 de agosto – Sugar & Spice, 2006
20 de agosto – Jack e a Mecânica do Coração, 2014
21 de agosto – Drama, 2010
22 de agosto – Teus Olhos Meus, 2011
27 de agosto – Pro Dia Nascer Feliz, 2006
29 de agosto – Esse é só o Começo do fim das nossas vidas, 2015

( Agosto – 10 filmes )

01 de setembro – Expresso do Amanhã, 2015
06 de setembro – Sussurros do Coração, 1995
06 de setembro – The Boy, 2015
06 de setembro – Touchless, 2013
10 de setembro – Carrossel – O Filme, 2015
12 de setembro – Ted 2, 2015
13 de setembro – O Pequeno Príncipe, 2015
21 de setembro – Flowers 2015
26 de setembro – Procurando Sugar Man, 2012
26 de setembro – Boda Branca, 1993

( Setembro – 10 filmes )

2 de outubro – Lake Mungo, 2008
3 de outubro- Que Horas Ela Volta, 2015
3 de outubro- Domésticas, 2012
3 de outubro – The Silenced 2015
3 de outubro – Cidades de Papel, 2015
9 de outubro – Minions, 2015
14 de outubro – Aliança do Crime, 2015
15 de outubro – Eu, Você e a Garota Que Vai Morrer, 2015
16 de outubro – Garota Sombria Caminha Pela Noite, 2015
17 de outubro – Alice no País das Maravilhas, 1951
25 de outubro – Dope, 2015
31 de outubro – Pet Peeve, 2013
31 de outubro – Hotel Transilvânia, 2012

( Outubro – 13 filmes )

1 de novembro – Madre Joana dos Anjos, 1961
1 de novembro – The Devils, 1971
2 de novembro – Não se Esqueça de Compartilhar, 2009
8 de novembro – Bone Tomahawk, 2015
10 de novembro – Tangerina, 2015
11 de novembro – Ricki and the Flash: De Volta Pra
Casa, 2015
14 de novembro – Bukowski: Born into This, 2003
14 de novembro – Mother – A Busca Pela Verdade, 2009
14 de novembro – A Caverna do Cachorro Amarelo, 2005
15 de novembro – Da Colina Kokuriko, 2011
15 de novembro – Horror Hotel 1960
20 de novembro – O Segredo de Eleonor, 2009
20 de novembro – Elena, 2012
21 de novembro – Quando Sinto Que já Sei, 2014
22 de novembro – Scoop – O Grande Furo, 2006
27 de novembro – Poesia, 2010
28 de novembro – In Natura, 2014
29 de novembro – Hugo och Josefin, 1967
30 de novembro – O Exterminador do Futuro: Gênesis, 2015
30 de novembro – Love, 2015

( novembro – 20 filmes )

6 de dezembro – Boulevard, 2014
6 de dezembro – Hellions, 2015
6 de dezembro – Lugares Escuros, 2015
11 de dezembro – Descompensada, 2015
13 de dezembro – Experimento de Aprisionamento de Stanford, 2015
14 de dezembro – No Coração do Mar, 2015
17 de dezembro – Pânico 2
20 de dezembro – Evereste, 2015
22 de dezembro – Short Term 12, 2013
23 de dezembro – O Bom Dinossauro, 2015
27 de dezembro – A Primeira Vez, 2012
28 de dezembro – Homem Irracional, 2015
28 de dezembro – Mistress America, 2015
28 de dezembro – The Assassin, 2015
29 de dezembro – Creed, 2015
31 de dezembro- Keith Richards: Under the Influence

( Dezembro – 16 )

Total ( 2015 ) 238 filmes

emersontlima

No fim, sou apenas um cara fantasiado de coelho que, durante o dia, coloca a máscara de homem e paga uma de intelectual com aqueles que exaltam qualquer manifesto de inteligência.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookGoogle PlusFlickrYouTube

The Assassin, 2015

The.Assassin.2015

★★★★★

Quando criança, adorava assistir os famosos filmes Wuxia. Esse subgênero está diretamente ligado a cultura chinesa, tendo sido desenvolvido e alcançado o seu auge nos anos 60 e 70.

Espero um dia poder escrever sobre esses filmes tão fascinantes que trabalham com exaustão as lutas e a figura do herói, sempre com elementos de fantasia. Já surgiram muitos clássicos, uma prova disso é que muitos diretores asiáticos atuais homenageiam esses trabalhos revivendo o wuxia, algo parecido com o que acontece com o western no Estados Unidos.

Todo o trabalho do diretor Hou Hsiao-hsien se desenvolve lentamente, de forma a contemplar cada detalhe e, consecutivamente, o silêncio. Depois de nomes como Wong Kar-Wai, Ang Lee e Zhang Yimou, chegou a vez de Hou Hsiao trabalhar o wuxia e, confesso, ele consegue realizar um trabalho primoroso, inclusive ganhou o prêmio de melhor direção em Cannes.

Ao lado da sua musa, a belíssima Shu Qi que começou os seus trabalhos em pequenos filmes softcore até atingir o auge da performance em filmes como “Millennium Mambo”, Hsiao preenche com maestria as lacunas da sua obra com uma poesia visual inacreditável. A fotografia, os cenários, o figurino, enfim, tudo é tão encantador que é impossível não gostar, apesar do ritmo bem frágil, que, por muitas vezes, cansa e tira a atenção.

The.Assassin.2015

O posicionamento de câmera começa introduzindo o espectador na ideia da contemplação, o movimento das árvores, os olhares, até mesmo a violência é doce, acontecendo – durante todo o filme – de forma extremamente sutil.

A história é básica, explicada em doses homeopáticas – apesar de que veremos a seguir que tanto os personagens como suas respectivas histórias não são tão importantes como as suas reações, ou seja, o presente – Nie Yinniang é uma garota que fora, ainda criança, raptada e treinada por uma freira para ser uma assassina. Depois de falhar em uma das missões, a moça precisa voltar ao seu passado e enfrentar um grande amor, do qual o presente teima em sussurrar nos seus ouvidos que se trata de um inimigo.

 A apresentação de “A Assassina” não revela muito, curioso é notar que é em preto e branco que temos o primeiro contato com esse mundo ou período, afinal o filme se passa na China, no século IX. Aliás, tanto o monocromático quanto as cores vibrantes e mescladas, são trabalhadas de forma a contar um pouco da personalidade dos personagens, que se distanciam por diversas vezes do espectador por conta da ausência de diálogos ou narrações. A fotografia em preto e branco, do começo, ressalta a psicologia da protagonista, diante a iminente necessidade de matar, contrastando com, primeiramente, uma mulher brincando com um bebê e, depois, com as cores extremamente fortes e hipnotizantes, seja do cenário ou figurinos.

The.Assassin.2015.1080p.WEB-DL.x264.AAC - pt.br.mkv_snapshot_01.13.31_[2015.12.29_11.19.04]

Frases como “Você tem dominado a espada, mas precisa resolver o coração” é repetida muitas vezes, de variadas formas. Se trata apenas e brilhantemente, de uma mulher lutando contra os seus instintos, buscando o seu lugar. A sua figura, sempre vestindo roupas pretas – contudo, destaco que em determinado momento onde Yinniang desaba emocionalmente, ela está envolta de vermelho – se transforma rapidamente em algo intimidador, mesmo que ela seja a que menos tenha diálogo. É difícil se identificar com os personagens, não são trabalhados com a linearidade que estamos acostumados, é preciso se esforçar para encontrar no vazio uma explicação: engraçado é constatar que a resposta da personagem é o próprio vazio, visto que o seu caminhar, o seu combate, a sua reflexão, mesmo que silenciosa, remete-nos a ideia de um ser sem alma, que se um outro alguém tocar se perderá em uma imensidão de escuridão.

A câmera é usada de forma inteligente ao extremo, primeiro porque seus movimentos traduzem algumas frases que nunca são ditas, até por esse motivo a filmagem estática está muito presente, aliás, se não bastasse a coreografia das lutas ou uma cena de dança, que é maravilhosa, ainda temos em diversos momentos uma decisão, no mínimo, audaciosa: os personagens param em cena como se fosse pinturas de um quadro. Parece que o diretor, por vezes, se torna um John Constable e faz do audiovisual o seu “Estudo das nuvens“.

As filmagens longas, os diálogos que se repetem, a delicadeza misturada com uma pitada de monotonia, todos esses elementos aproximam a obra da verdade, mesmo que esteja inserida em um visual quase surrealista. Destaco a busca pela verdade, tecnicamente, com os movimentos de câmera que, muitas vezes, passa por entre tecidos e acompanha os personagens de forma embaçada, representando o olhar da protagonista sobre uma realidade que nunca sentiu: a família, o amor, o carinho, o toque, etc.

Seria Yinniang uma vilã? Seria sua mestre uma vilã? É complicado determinar essa função em um filme que caminha em direção oposta. Elas são, nós somos, todos vítimas da vida. Apesar de condições, Yinniang consegue estar a beira da reflexão sobre sua real importância, nem que para essa indecisão ela precise caminhar por entre o caos, é uma heroína clássica, a representação do “homem sem nome” dos filmes de faroeste, ou melhor, me corrijo, nada de homem, o que importa em “The Assassin” é a mulher, mulher sem nome, sem rosto, mas com muito sentimento e amor no coração, mesmo que não seja capaz de tocar ou sentir essa capacidade escondida.

O período histórico é visto e sentido pelo espectador através de pequenos elementos do cenário, como se tudo que está em tela quisesse dizer algo. Criando assim uma mise-en-scène poderosa.

A grande síntese da obra acontece quando uma das personagens diz: “suas habilidades são incomparáveis, mas sua mente é refém dos sentimentos humanos.” É evidente a manipulação, a maldade em tentar arrancar os sentimentos mas eles são inerentes ao ser. Pensando bem, todos nós, assim como Yinniang, ficamos mais vulneráveis ao amar, mas talvez esse seja o risco pelo qual acordamos todos os dias.

emersontlima

No fim, sou apenas um cara fantasiado de coelho que, durante o dia, coloca a máscara de homem e paga uma de intelectual com aqueles que exaltam qualquer manifesto de inteligência.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookGoogle PlusFlickrYouTube