3 anos de Cronologia do Acaso!

cropped-cats

No dia 8 de fevereiro de 2013 eu publiquei a primeira resenha no blog do Cronologia do Acaso. O projeto já existia há algum tempo – o podcast foi criado em novembro de 2012 – mas foi no dia 8 de fevereiro que resolvi criar um blog para armazenar os textos que escrevia/desabafos e, lá no fundo, desejava evoluir como escritor.

Ontem ( 8 de fevereiro de 2016 ) o Cronologia do Acaso completou 3 anos de existência. Nesses três anos muitas coisas aconteceram e, se no começo o blog era uma fuga da depressão, hoje se tornou uma espécie de estudo. Antes minha postura diante de um filme era sempre a mesma: tentar me encontrar e tão somente isso. Tudo o que escrevia partia de um mesmo ponto, o que sentia era a verdadeira prioridade.

Essa postura me fez ganhar alguns leitores e amigos muito fieis, pessoas de bom coração que, de algum modo, se identificavam com o conteúdo e, talvez, a fragilidade do escritor.

Nesses três anos eu estudei muito cinema; Quando comecei a trabalhar com o audiovisual dentro das escolas, me senti obrigado a ler muito sobre essa arte e, hoje, o conhecimento que passo nas críticas são muito mais conscientes. Além disso, adquiri uma experiência escrevendo, dirigindo e atuando em peças teatrais, musicais, enfim, senti a energia do público, pensei em elementos que vão desde figurinos até maquiagem e isso sem dúvida enriquece cada vez mais o meu olhar.

De menino ansioso, entregue as experiências mais loucas e insanas da vida, me tornei um adulto. Tudo o que passei ainda reflete muito a minha personalidade organizadamente-desorganizada, mas hoje mantenho o meu “pássaro azul” com mais frequência dentro do peito.

Então, só posso agradecer todos aqueles que nos acompanham há três anos e aos novos leitores que estão chegando. O Cronologia do Acaso tem tudo para ser de difícil acesso: cinema independente, textos longos etc. Mas mesmo assim vem crescendo com o passar do tempo e esse pequeno clube vai ganhando cada vez mais associados.

E continuaremos fomentando o amor pelo cinema. Seja com críticas cinematográficas, podcast, enfim, estamos por ai!

Com carinho,
Emerson T. Lima

emersontlima

No fim, sou apenas um cara fantasiado de coelho que, durante o dia, coloca a máscara de homem e paga uma de intelectual com aqueles que exaltam qualquer manifesto de inteligência.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookGoogle PlusFlickrYouTube