Cinema sem causa #02 – Cronologia do Acaso

tempo

 

Interpretação de um poema escrito por Emerson Teixeira, que fala basicamente dos jovens, do sistema de ensino, lidando com esses temas com um humor negro, principalmente quando entra em questão os diversos esteriótipos que criamos na nossa sociedade.

Download

(Visited 3 times, 1 visits today)

emersontlima

No fim, sou apenas um cara fantasiado de coelho que, durante o dia, coloca a máscara de homem e paga uma de intelectual com aqueles que exaltam qualquer manifesto de inteligência.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookGoogle PlusFlickrYouTube

Textos relacionados